domingo, 1 de maio de 2011

DIA DA MÃE


Comemora-se hoje mais um dia da mãe.

Como outras mães, não sinto nada de muito especial neste dia. Sou mãe todos os dias, e em cada segundo, desde que o meu corpo se prolongou para fora de mim, no teu!
Sinto as nossas dores, as nossas alegrias, as nossas ansiedades, todas as nossas emoções em mim, e é dificil gerir tanto apenas num só coração!

Por outro lado, também sou filha, e agradeço tudo o que a minha mãe me transmitiu: força, coragem, honestidade, persistencia, empenho, respeito por nós e pelos outos... e tantos outros conceitos aos quais tento corresponder no meu dia a dia. Nem sempre o consigo fazer na perfeição, mas a verdade é que só tenho metade do tamanho da minha mãe!

Abraço forte a todas as mães, em particular às que têm "anjinhos sem asas"...

5 comentários:

Maria disse...

Lindo o que escreveste e tão verdade!!
Bjs grandes

caminhante disse...

metade do tamanho? não acredito... pelo que leio por aqui, o tamanho é incomensurável...

um beijinho terno...

Mina disse...

Quando os filhos só se lembram das mães neste dia, alguma coisa vai mal...
Ser mãe é uma tarefa diária de empenho e dedicação onde todos os dias contam...
E mesmo quando ganham asas de anjinhos, estou connosco, mãe é eterna...
bjinhos, p'ra mãe gigante que és

elvira disse...

A Cristina tem o tamanho do mundo...
Bjs Elvira

Fê-blue bird disse...

Mãe é para sempre e para tudo,também não concebo ser de outra maneira.

Beijinhos minha amiga

 
Web Statistics