sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

UMA PATÍFARIA

Tinhamos acabado de jantar. Como é costume, bebemos juntos o nosso café, enquanto ele brinca pacíficamente no quarto... Eis senão quando ouvimos a seguinte frase, que de imediato nos intriga, (Sobretudo pela expressividade empregue no tom):
"Já corteí, já corteí"
Nos milésimos segundos que mediaram a sua informação e a nossa entrada no quarto, intuímos automáticamente, uma patífaria. (Imagineí o corte nalgum dos seus brinquedos - num jogo, num livro - na pior das hipóteses, no pijama, no edredom ou nos cortinados), mas fiqueí algo longe da realidade!


O CABELO!!! Os seus lindos cabelos que eu tanto gosto de afagar!
Já o tinhamos ouvido prometer cortar o cabelo com a máquina, como o pai, mas não acheí que fosse fácil (e rápido), manusear o tal objecto. Mas foi, e o Vasco quer mesmo ser como o pai, porque fez a coisa de forma irremediável. A unica solução reduziu-se a um corte máquina zero.
Entretanto, e passada a vontade inicial de chorar, ainda nos fartámos de rir - ele estava feliz da vida!
Agora sim, tem o cabelo (quase) como o pai Miguel.

9 comentários:

Luís Coelho disse...

Com o frio que vivemos aqui não é um corte que aconselhe mas no Verão até sabe bem pois é mais fácil lavar a cabeça.

Momentos para recordar sempre.

Em Busca de um Anjo disse...

Antes o cabelo que outra coisa qualquer;-)Imagino a tua cara amiga, qd o viste assim... ele tem um cabelo lindo e até faz pena cortar...Bem eu não posso falar mt q tb me deu para dar um bom corte ao meu... se visses nem acreditavas;-)Bons penteados. Beijocas

Celia disse...

Nem doente o Vasquito pára ! Só posso imaginar a vossa cara. As melhoras do pequeno " patife" :) Beijos grandes

Mina disse...

Quando começei a ler até meu deu "baque" que se tivesse magoado. Que susto!!! Como é que ele conseguiu manobrar tão bem a máquina, é preciso ter sete olhos. O meu sempre teve medo de objectos de corte, trauma de infância, a mãe uma vez a corta-lhe o cabelo dei-lhe assim uma "sarrafadinha" na orelha com a tesoura.
Acho fantastica essa identificação que o Vasco, faz com o pai é uma belísssima declaração de amor.
Como não aconteceu nenhuma lesão grave, o Vasco fica bem de todas a formas, sempre lindo...
bjinhos aos 3

Sandra disse...

O lindo cabelo do Vasco volta a crescer... e assim ainda se vê mais esses olhos lindos e apaixonantes! Tem é de andar de gorro... brrrrr
Bjs

Fê-blue bird disse...

Minha amiga:
Com a carinha linda que ele tem, qualquer "corte" de cabelo lhe fica bem! Até rimou porque é verdade lol lol
Todas as crianças fazem esta patifaria.

Beijinhos aos dois.

Mrs_Noris disse...

Que pena :(((

Carmo disse...

Estes olhos são uma fascinação, lindo, lindo!

bjinho
Carmo

Miguel disse...

Aqui usamos o mesmo estilo!

O meu vasco é mais obrigado do que de vontade própria mas como tem de ser...

 
Web Statistics