domingo, 17 de janeiro de 2010

"CRESCER COM UM IRMÃO DIFERENTE"


Excerto de um depoimento de um irmão (13 anos), retirado do livro em título, de Ana Aragão Morais e Carmo Teixeira Turquin.


"O David e eu temos 2 anos de diferença, e eu sempre soube que ele era assim - sempre vi a diferença. O meu pai só me explicou de verdade o que era, quando eu tinha cerca de 10 anos, porque o meu irmão nunca andou na mesma escola do que eu.
Não tenho muita paciencia para estar sempre a explicar às pessoas o que tem o David, por isso lá a casa só levo os bons amigos e os que já o conhecem e não fazem perguntas. Gosto de jogar à bola com ele. A partir dos 10 anos o meu irmão começou a portar-se melhor, a coordenar-se mais, agora ele já estraga menos as minhas coisas, porque é mais velho, mas antes partia-me tudo. Dormimos os dois no mesmo quarto, mas eu não me importo, até acho engraçado ser mais novo, porque ao mesmo tempo tomo conta dele que é mais velho do que eu.
Acho que é importante a familia e os apoios trabalharem juntos para ele melhorar. Eu já me habitueí, não consigo vê-lo de outra forma, acho que ele é feliz assim. Toda a gente o adora e não sinto que se ocupem menos de mim por causa dele. Quando o meu avô o vai buscar à escola, o David gosta de se esconder e tenta fugir, fica todo contente porque vai tudo à procura dele e ele fica calado. Quando o encontramos ele farta-se de rir. Se há festas de anos, também adora apagar as velas do bolo de anos das outras pessoas! Quando vamos à praia ele adora ir para a àgua e molhar-me. As pessoas pôem-se a olhar e às vezes preferia que não estivessem ali.Quando for grande vou arranjar uma namorada, mas ela tem primeiro de dizer se gosta dele, porque vou sempre levá-lo comigo para onde quer que eu vá".

11 comentários:

filipa disse...

sem comentários, lindo. tenho, as crianças sao magnificas.

Mina disse...

Olá Atena
Andei, a procura para saber quem era o irmão do David rsss é o Tiago lool
Já li o livro há alguns anos, e o que retive é que aceitação varia com a idade do irmão que dá o testemunho e a patologia da criança diferente, das lembranças que tenho, agora não reli, é que os irmãos mais velhos já têm uma maior maturidade e aceitação e os mais pequenos também, a faixa adolescente é menos condescente o que também será normal.
E as crianças com triossomia 21, são muito meigas normalmente bem aceites...
Já os síndrome de Asperger, e tal como o testumunho da irmã Maria que vem no livro, e tem a idade da minha filha é muito semelhante.
A minha com a agravamente, que para algumas coisas o irmão é diferente mas para outras ele é muito capaz, ela aproveita sempre quando a mando a ela fazer alguma coisa, atira sempre para o irmão que também tem pernas e braços...
Mas também a minha está na idade, do contra...
Em criança, acho que até tinha orgulho no irmão, por ele ser enciclopédico, agora está na fase da negação, virá a da aceitação. Espero eu...
Gostaria de ouvir algum dia da minha filha, o último paragrafo do Tiago, que o irmão faria parte dos planos futuros...
Bjocas

*Lisa_B* disse...

Querida amiga,

já li o livro aliás penso que todas nós teremos devorado cada livro que aborde o autismo seja classico ou de alto funcionamento.
Felizmente a minha filha é uma boa menina, sempre entendeu e esteve ao lado do irmão. Ela diz que não pode ter filhos bem quer...pois já tem um irmão que será como seu filho e responsabilidade (porque o adora )
Eles os dois emocionam-se muito com as conquistas e partilhas de um para o outro.
Penso que o facto dela ser mais velha que ele é um facto que ajuda muito este entendimento entre irmãos. Estou atenta quando ela sem se dar conta, lhe dá uma resposta mais azeda ou com algum mau humor ,do qual ele não tem culpa e fica sensivel às palavras ,quando magoam ou o tom empregado para as dizer.
Ele logo a desculpa :-)

Beijinhos e força

Fê-blue bird disse...

Minha amiga:
Comovente e inspirador este texto de um livro que de certeza irei comprar.
Ser diferente torna-nos melhores, aprendi isso com o sofrimento e principalmente descobrimos pessoas melhores, aqui neste seu blogue está esse exemplo.
Um beijinho

Atena disse...

Gosto tanto de sentir o vosso carinho e a partilha de ideias sobre assuntos que nos dizem tanto... Este excerto, bem como todos os depoimentos do livro são de uma ternura extraordinária. Compreí como diz a Lisa, porque "devoro tudo quanto seja livro, site ou notícias que se prendam com o autismo. Devo ter quase todos... (Alguns mandeí bir do Brazil). Este, francamente teve um significado importante para mim... nos tempos em que pensava dar ou não um irmão ao Vasco, ter ou não outro filho... Se me deixasse levar pelo livro teria tido sem pensar muito, mas na vida muitas outras coisas contam e pesam. Tudo bem na mesma! Além do mais são casos, e nada é igual quando em jogo estão as pessoas. Somos todos unicos e cada história é portanto irrepetível.
MINA também é a ultima frase no excerto que me toca mais fundo, e que fez sonhar..
FÊ BLUE-BIRD, compre ou peça a alguem conhecido que o tenha... vai gostar muito de o ler... é uma ternura e uma lição de vida, a forma como estes irmãos encaram a diferença. O sofrimento, sem duvida que à maior parte das pessoas, altera tudo, quase sempre para melhor, e é mesmo um previlégio conhecer as pessoas maravilhosas que se vão cruzando no nosso caminho e nos enrriquecem o espirito, a alma. São elas também, que muitas vezes sem perceberem totalmente o valor das suas acções, contrabalançam com o lado mais duro dos nossos dias, acabando por permitir que no fim das contas tudo valha a pena!
FILIPA QUERIDA: Sim as crianças são maravilhosas, mas nem todas infelizmente... estas que i livro retrata são seres humanos com uma experiencia de vida, própria de quem convive com um irmão diferente e por isso também elas têm qualquer coisa de especial. Outras há que por sensibilidade natural, são magníficas, mas a crueldade de muitas crianças já se vê bem, também desde tenras idades... Não tenho a certeza se fruto dos exemplos que têm em casa ou se é algo que já vem com eles e que vão aprimorando com o tempo. Depois todos se tornam adultos, com tanta coisa que a vida lhes vai trazendo uns melhoram a capacidade humana da compreensão, outros evoluem no caminho do egoísmo, da maldade, distanciando-se de valores que ajudaríam o mundo a crescer melhor. Sempre foi assim... talvez sempre venha a ser cíclicamente igual... Ou talvez não! Afinal enquanto há vida há esperança.
Beijos grandes a todas

Sandra disse...

Aqui está a prova de que o amor fraterno pode e tantas vezes é tão grande como o amor materno ou paterno... igualmente incondicional... e se todos os adultos fossem tão bondosos como as crianças... seria tão mais bonito este mundo...

Maysha disse...

Ola Atena
Não conhecia esse livro, mas já o encomendei, vou gostar de o ler.
Sem duvida que as crianças por vezes são crueis umas para as outras, é uma caracteristica infantil,mas penso que tem muito a ver com a forma como são ensinadas a ver o mundo e a encarar o semelhante.
Este texto é muito bonito, e mostra como as crianças podem ter um coração bondoso, o orgulho que o Tiago (li o comentário da Mina) sente no irmão David é bem exemplo disso. Achei uma ternura.

Fica com Deus Atena, tem uma boa noite
Beijo

silvia disse...

Absolutamente delicioso este excerto...fiquei muito emocionada quando o li. O irmão do David só pode vir a ser um grande homem, que vai encontrar uma grande mulher e juntos vão dar uma lição de vida a quem cruzar o seu caminho.
Esse AMOR é e sempre será para o David o seu elixir,o seu calmante... pois algo assim não se vê... sente-se
O meu Gabriel disse-me um destes dias:"Quem me dera mãe,quem me dera que tu apanhasses a doença da mãe do Gonçalo." Adivinha qual é a doença???? Gravidez!Este rapaz prega-me cada uma!!!Beijos e até breve

Anónimo disse...

Welcome to Buy ghd Hair Straighteners at [url=http://www.ghdstraighteners--nz.com/]ghd Hair Straighteners[/url] New Zealand www.ghdstraighteners--nz.com Online Outlet With 30%-60% Discount Sale Price!

Anónimo disse...

top [url=http://www.c-online-casino.co.uk/]uk casinos online[/url] hinder the latest [url=http://www.casinolasvegass.com/]casino online[/url] unshackled no deposit perk at the leading [url=http://www.baywatchcasino.com/]casino
[/url].

Anónimo disse...

We [url=http://www.nodepositbonus.gd]free casino bonus[/url] have a ample library of utterly freed casino games in regard to you to challenge privilege here in your browser. Whether you appetite to training a mesa recreation plan or scarcely sample exposed a insufficient original slots in the presence of playing for genuine in dough, we be undergoing you covered. These are the exacting still and all games that you can treat cavalierly at true online casinos and you can part of them all for free.

 
Web Statistics