domingo, 31 de janeiro de 2010

CAVALO ESSE ANIMAL ESPECIAL

videoSó conhecemos o misticismo deste animal, quando estamos perto de um, quando o olhamos nos olhos e sentimos uma grandeza que não sabemos identificar... tamanha é a sua imponência e sensibilidade! Confesso que sinto sempre um estranho medo, quando entrego o meu menino ao dorso do "Carapau"... faço-lhe sempre imensas festas, encosto a minha cara ao seu focinho e peço-lhe que tenha cuidado, que seja dócil e paciente...

Tinha o Vasco talvez uns 5 anos quando achamos que poderíamos tentar aproxima-lo de mais uma actividade que fosse util ao seu desenvolvimento. Diz-se que os cavalos são um excelente meio de "aprendizagens" para crianças com dificuldades. Quizemos, desde logo, proporcionar-lhe também esta possibilidade. As primeiras vezes foram algo frustrantes, uma vez que tudo chamava a atenção do Vasco, menos o animal. Queria era pular e correr livremente no picadeiro. Não desistimos, continuamos todos os sábados a leva-lo a ver os cavalos... Chegueí a pensar que definitivamente, as coisas não se iam encaminhar, mas não desistimos (principalmente opai). Foram talvez precisos 9 a 10 meses, de idas aos cavalos onde a resposta do Vasco era quase nula. Chegamos a ir lá apenas para o Vasco lhe dar um toque, uma festa... Eu sou insistente, mas o pai Miguel não o é menos e estava disposto a ser o professor de equitação do Vasco, custasse o que custasse. Conclusão: hoje lá andam os dois, com a mãe a fazer de operadora de câmera - com o coração meio apertado, mas muito orgulhosa, tanto do filho, como do pai - o melhor terapeuta que o Vasco tem e terá na vida...

Partilho aqui um bocadinho desses momentos convosco.

3 comentários:

*Lisa_B* disse...

:-)
Olá Cris,
além de dócil o carapau é muito paciente e lindo.
Adoro cavalos assim como golfinhos e tanto um como outro estão indicados nas mais variadas terapias com as pessoas.
Acho que só o facto de olharmos para estes animais lindos já é terapeutico ( digo eu que sinto assim enquanto os vou pintando).
O Vasco esteve muito bem...não compreendi a parte onde ele tinha de tocar na cabeça com a mão e dizer adeus etc..era para o ajudar a distinguir a direita da esquerda?
O pai ao que vejo no vídeo e do que vou lendo é exemplar, está de parabéns. O Vasco com uns pais assim empenhados só tem mesmo de fazer rápidos progressos e vir a ser mais um exemplo de sucesso.
Parabéns à operadora!Isto de segurar uma máquina durante 8 minutos enquanto se reza para que ele não caia... ainda tem que se lhe diga :-)
Gostei muito da partilha que fez.
Beijinhos e boa semana

Em Busca de um Anjo disse...

"Carapau" era um nome que eu nunca imaginaria num cavalo, mas acho que este "carapau" se portou à altura...
É bom ver os progresso que o Vasco faz, pois antes nem sequer interagia com nenhum animal (bem me lembro do que ele queria fazer aos meus gatos...coitadinhos) e agora monta a cavalo tal qual um "principe encantado" em busca da sua "princesa"...E o "professor" muito bem também. A Realizadora tb está de parabéns porque nem tremeu...continuem assim!!!!Beijos
Fátima

Mina disse...

Execelente trabalho, a persestência e paciência, só pode dar bons resultados...
E viu-se nas imagens mais que todas as palavras, refletem o empenho, dedicação...
O treino dos sentidos da postura no fundo da comunicação que é o fundamental.
Formaram um quarteto exemplar, parabéns a todos
bjocas

 
Web Statistics